Quanto Ganha um Cabeleireiro -【Salário e Piso Salarial】

Compartilhar no Facebook

Enviar pelo Whatsapp

Descubra quanto ganha um cabeleireiro, qual o piso salarial de 2018, como está o mercado de trabalho, onde fazer o curso de cabeleireiro e até qual valor esse profissional pode ganhar de salário!

Todo mundo gosta de ficar com o cabelo bonito, não é mesmo? Cuidar da beleza aumenta a autoestima e assim, passamos a nos sentir muito melhor com a nossa imagem!

E quando falamos de assuntos voltados para a estética, logo lembramos do cabeleireiro!

cabeleireiro

Então vamos descobrir quanto ganha um cabeleireiro, esse profissional tão importante da beleza!

A demanda é muito grande e cada vez mais há profissionais qualificados para atender o mercado de trabalho.

Desse modo, os cabeleireiros estão inovando e ampliando seus conhecimentos para se destacarem nesse meio tão promissor!

Hoje em dia, eles fazem escovas, cortes, alisamentos, hidratações, reconstruções capilares, mechas, colorações, penteados e muitas outras coisas, para deixar o cliente satisfeito e manter a vaga de emprego nos salões de beleza.

É claro que temos curiosidade para saber como é o curso e o que devemos fazer para entrar nesse mercado, mas o mais importante é saber quanto ganha um cabeleireiro.

Dessa forma, nos acompanhe e tenha informações importantes para seguir essa carreira e ter uma excelente renda!

Curso de Cabeleireiro

Há cursos livres e técnicos para se tornar um cabeleireiro ou para fazer atualizações, até mesmo online.

Os salões-escola formam ótimos profissionais, já que no decorrer do curso os alunos atendem os clientes do próprio salão e ainda são monitorados constantemente por cabeleireiros capacitados.

Outra maneira de se profissionalizar é através de cursos técnicos. Hoje em dia, existem muitas instituições que preparam pessoas para atuarem na área da beleza, sendo que uma das mais conhecidas é o SENAC (Serviço Social de Aprendizagem Comercial).

Eles oferecem diversos cursos, que vão desde trabalhos mais simples até os bem complexos, assim eles possuem cursos de:

  • Corte feminino e masculino;
  • Formação para cabeleireiros assistentes;
  • Descolorações;
  • Colorações;
  • Penteados, dentre outros.

Via de regra, esses cursos têm aulas práticas, que são supervisionadas por cabeleireiros especialistas, passando bastante seguranças aos alunos.

Para quem deseja montar um salão de cabeleireiro, é fundamental fazer cursos de empreendedorismo também. Tanto o SENAC quanto o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa) disponibilizam várias opções, sendo que alguns cursos podem ser feitos até à distância.

Quando for se matricular em um curso de cabeleireiro, verifique se ele possui aulas de sustentabilidade, noções de marketing, biossegurança, higiene do ambiente laboral  e de como se portar frente ao cliente, pois são essenciais para aprender a lidar com as situações do dia a dia.

Após a conclusão do curso técnico, é preciso continuar se atualizando e fazer especializações nas áreas de maior interesse, já que, dessa forma será mais fácil obter uma carreira bem-sucedida.

*Veja também: Quanto Ganha um Nutricionista!

Mercado de Trabalho para Cabeleireiro

A área da beleza já se tornou uma das mais fortes do mercado brasileiro, ela cresce cerca de 11% ao ano e tem sido assim nos últimos 20 anos. Em 2017, o faturamento do setor superou a marca dos R$ 45 bilhões.

Um cabeleireiro pode trabalhar em salões de beleza e em clínicas de estética. Mas o profissional também poderá atuar como autônomo, atendendo seus clientes em domicílio.

Há a possibilidade de se especializar em uma área e atender um público específico, como:

  • Infantil;
  • Masculino;
  • Feminino;
  • Produção de eventos;
  • Ambientes cinematográficos.

Existem franquias nesse setor, nas quais o empreendedor já começa com credibilidade da marca e recebe o treinamento e a assistência necessária para enfrentar o mercado, com valores a partir de R$ 20 mil.

Mas para se tornar um empresário é preciso que o profissional da beleza planeje o negócio, saiba organizar o fluxo de caixa e mantenha o estoque de produtos em dia, dentre outros fatores.

As principais áreas de atuação de um cabeleireiro são:

  • Cortes;
  • Hidratações;
  • Reconstruções capilares;
  • Colorações;
  • Descolorações;
  • Penteados;
  • Modelagem temporária dos fios;
  • Alisamentos;
  • Mechas, reflexos e luzes, etc.

É fundamental diversificar os serviços oferecidos no salão de beleza, para que os clientes tenham muitas opções e assim, aumente o lucro da empresa.

Em muitos salões eles incluem os serviços de depilação, maquiagem, design de sobrancelhas, banho de luz e massagens modeladoras para alcançar o maior número de clientes possível.

Piso Salarial do Cabeleireiro

O piso salarial de Cabeleireiro em 2018 é de R$ 954,00 para todo o país. Esse valor foi obtido pela média dos menores salários de diversas regiões do Brasil para a classe de trabalhadores.

Esse valor de piso salarial não é o determinado pelos Sindicatos, através de acordos e convenções coletivas de trabalho para cabeleireiros.

Quanto Ganha um Cabeleireiro?

O mercado de trabalho para o cabeleireiro está em crescimento como dito anteriormente e os brasileiros estão em segundo lugar em relação ao consumo de produtos voltados para o tratamento de beleza.

Um cabeleireiro no início de carreira ganha em torno de R$ 1.700,00 por mês. A média salarial nas regiões Sudeste e Sul é maior, os profissionais da área recebem cerca de R$ 3.580,00 mensais.

Os profissões de grande sucesso e que atendem artistas e famosos possuem ótimos salários. Um cabeleireiro em evidência pode ganhar até R$ 60 mil por mês.

É muito importante que o profissional sempre faça especializações e que esteja por dentro das tendências do mercado.

Assim, um cabeleireiro dedicado, comprometido e ético com seus clientes poderá alcançar excelentes salários e ainda exercer uma atividade muito agradável e tranquila.

Conheça o salário de outras profissões:

Quanto Ganha um Cabeleireiro -【Salário e Piso Salarial】
4.7 (94.74%) 19 votes

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *