Quanto Ganha um Taxista – 【Atualizado 2018】 Mercado e Salários

Compartilhar no Facebook

Enviar pelo Whatsapp

taxista

Fique sabendo quanto ganha um taxista atualmente e como está o mercado de trabalho para esses profissionais!

Ser taxista é uma ótima opção profissional, porém requer dedicação e habilidade. Vamos descobrir através desse artigo quanto ganha um taxista.

Existem muitas pessoas que ao escolher uma profissão pensam somente do status que ela pode lhe proporcionar. Contudo, elas esquecem do que é essencial na verdade, que é ter um trabalho que consiga prover o seu sustento e que ainda possibilite a formação de um patrimônio.

Um taxista pode ter uma renda expressiva, principalmente para os profissionais que se qualificam para atender seus clientes de forma adequada. Aqueles que trabalham nas cidades de médio e grande porte, são os que possuem os maiores salários e podem atuar de forma autônoma ou por meio de frotas.

Taxista é uma profissão tão significativa, que o Sebrae criou um documento informando como é o seu trabalho, estando disponibilizado em seu site oficial.

A profissão de taxista pode ser considerada de interesse público, mas para exercê-la deve respeitar alguns requisitos, como, por exemplo, o credenciamento expedido pelo órgão de trânsito municipal responsável, que é uma forma de alvará. As taxas para a emissão desse documento podem variar muito de um lugar para o outro, assim como em razão de sua finalidade, se poderá ser livre ou privada.

A pessoa que não tiver condições de pagar por essa taxa, poderá trabalhar em frotas, ou seja, ocorre a disponibilização de veículos para quem deseja atuar na área, em troca de uma mensalidade. Existem outras maneiras de entrar nesse mercado de trabalho, como alugar o carro de uma cooperativa, associação ou de outro taxista, denominado preposto ou auxiliar.

Outro requisito indispensável é que a CNH (carteira nacional de habilitação) esteja em dia. Para ser um bom profissional é preciso ter boa memória, ser educado e comunicativo, conhecer bem a cidade em que atende, além de saber quais são as melhores rotas para que se chegue mais rápido ao destino.

Não é exigido uma formação específica para ser taxista, porém cada cidade possui suas regras. Normalmente, para conseguir o alvará, é necessário ter o ensino fundamental, apresentar o certificado de conclusão do curso de formação dos condutores e não ter antecedentes criminais. Já os motoristas que trabalham através de frotas não precisam ter o alvará para circulação.

Mercado de trabalho e Formas de Trabalho do Taxista

Conforme pesquisas, somente nas capitais do país existem pelo menos 150 mil táxis circulando. A região que possui a maior quantidade é a de São Paulo com 33 mil carros, em seguida está o Rio de Janeiro com cerca de 32 mil e depois a cidade de Salvador com 8 mil.

Em relação aos valores cobrados, o menor valor de bandeira inicial é na capital Belém e o Rio de Janeiro é onde são cobradas as maiores tarifas.

Um dos fatores de aumento da quantidade de taxistas é em razão da Lei 11.705/09, mais conhecida como lei seca, a qual estabeleceu a proibição a direção de veículos quando o consumo de álcool for superior a 0,1 mg pelos motoristas.

O taxista pode atuar em vários pontos. A forma de organização se dá pelo sistema de PEPS, que regula a entrada e saída de veículos, isto é, o primeiro que chega é o primeiro a sair.

O credenciamento poderá ser concedido no modo livre, onde qualquer veículo poderá estacionar, contanto que a quantidade limite de carros seja obedecida. Já na modalidade privada, é exclusiva para os táxis comuns ou de luxo.

Outro meio de conseguir passageiros é na rua, sendo denominado como bandeirada. Ainda, poderá atender pelo rádio táxi, no qual os clientes ligam para a central de atendimento que encaminham o táxi.

Como visto, a área de atuação é vasta e se o taxista conseguir viagens longas e uma tabela de bandeira boa, poderá ter uma remuneração considerável no final do mês.

Quanto Ganha um Taxista

O ganho do taxista em 2018 irá depender do tamanho da cidade em que trabalha e do ponto de táxi que pega os passageiros. Em grandes metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro, um motorista de táxi poderá receber mais de R$ 10.000,00 por mês, caso tenha um carro particular e atenda em regiões e setores bons como os aeroportos, rodoviárias e pontos turísticos.

Já o taxista que trabalha através de frotas, o ganho é bem menor. Algumas empresas chegam a cobrar até R$ 150,00 por dia. Nessa situação, o salário do motorista não costuma ultrapassar o valor de R$ 3.000,00 mensais. Ainda assim, é uma remuneração significativa, uma vez que, a média salarial do Brasil é de R$ 1.724,00.

Para se destacar nesse mercado é preciso muito trabalho, já que a jornada de trabalho de um brasileiro comum é de oito horas por dia e um taxista para ser bem remunerado, tem que dirigir por cerca de 14 horas diariamente. Desse modo, ele terá que abrir mão de algumas folgas e até de compromissos familiares para aumentar o salário.

A concorrência para esse setor é bem alta, porém a demanda também é grande, principalmente pelo fato de muitas pessoas não gostarem de dirigir nas grandes cidades, pois o trânsito é muito conturbado, gerando um grande stress.

LEIA TAMBÉM:

Quanto Ganha um Taxista – 【Atualizado 2018】 Mercado e Salários
4.8 (95.06%) 77 votes

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *